0800 707 5900 35 3729 9929 comercial@soitic.com

Conheça 7 indicadores hospitalares que podem melhorar a produtividade da sua equipe

10/12/2020
Conheça 7 indicadores hospitalares que podem melhorar a produtividade da sua equipe

Saiba quais são os indicadores hospitalares que evidenciam a produtividade de sua equipe.


Os gestores hospitalares lidam todos os dias com uma quantidade de informações delicadas e  extremamente complexas. Isso porque controlar a qualidade de produção de um hospital envolve diversos setores e indicadores. 

Neste artigo, separamos os principais indicadores de qualidade hospitalar, assim como alternativas tecnológicas que irão auxiliar a gestão do seu hospital a conquistar o atendimento e infraestrutura ideal.


Tempo de atendimento e triagem 

Uma forma excelente de avaliar a capacidade de atendimento de um hospital é medindo o tempo total de atendimento, desde o momento em que o paciente chega ao hospital até a sua saída. 

Além disso, realizada a triagem, toda a equipe terá acesso ao perfil dos pacientes. Com mais informações sobre o paciente, as alternativas de tratamento ou procedimentos serão mais assertivas para cada caso.


Taxa de infecção

Entre as taxas imprescindíveis para a gestão hospitalar está a de infecção. Ela permite avaliar se o hospital segue as diretrizes de saneamento e segurança, pois caso a taxa de infecção seja alta, o hospital precisa rever a gestão com urgência.

A contagem é feita por meio do número de pacientes infectados dividido pelo total de pacientes atendidos durante um determinado período.


Taxa de ocupação de leitos 

Garantir a usabilidade e controle dos leitos é um fator essencial que demonstra o volume de demandas de atendimento que um hospital pode comportar.


Os dados utilizados nesse caso indicam o tempo de ocupação, rotatividade e ociosidade dos leitos. O acompanhamento correto das taxas de leito é um requisito básico para obter os certificados e acreditações hospitalares, como o oferecido pela ONA (Organização Nacional de Acreditação).

Esses certificados e acreditações comprovam a qualidade dos serviços prestados, cooperando para o aumento da credibilidade da organização.


Performance das Agendas

Uma agenda eletrônica permite que as informações sobre pacientes e dados hospitalares fiquem organizadas e acessíveis a qualquer momento.

Melhorando a performance de sua agenda é possível visualizar o número de atendimentos feitos por cada profissional, procedimentos executados em determinado período e outros dados mais avançados que permitem maior otimização do tempo.


Indicadores de rentabilidade

Para uma avaliação precisa sobre a rentabilidade geral e eficiência administrativa do hospital, os gestores utilizam o ROI (Retorno sobre o Investimento, em inglês).

Em síntese, o ROI é uma representação que compara a quantidade de dinheiro ganho com o valor que foi investido. A relação entre esses dois valores mostrará se o resultado do investimento é lucrativo e produtivo ou se os resultados foram negativos e está havendo mais gasto do que retorno.


Faturamento e gerenciamento de glosas

Um desafio para todos os hospitais é o controle das glosas.  Elas acontecem quando não ocorre o pagamento correto dos atendimentos, consultas, exames, entre outros serviços prestados pelas operadoras de saúde.

Um alto índice de glosas hospitalares pode gerar um  excesso de processos burocráticos que atrasam a rotina dos hospitais.


Portanto, indica-se que o Business Intelligence (BI) seja aplicado à gestão de faturamento do hospital. Essa ferramenta facilitará a identificação das glosas e poderá apontar para possíveis ajustes nos processos. Utilizando o BI, os gestores ainda contam com agilidade e organização das informações e análises.


Taxa de readmissão

Os casos chamados de readmissão ocorrem quando um paciente retorna ao mesmo hospital depois da alta. Seguir esse número é fundamental, pois isso pode significar que a alta tenha sido feita de maneira equivocada ou o serviço prestado pode ter sido ineficiente. 


Nesse caso, o índice é calculado com a divisão do número de readmissões pelo total de pacientes atendidos dentro de um período.


Por fim, é possível constatar que cada indicador necessita de diversas informações que devem ser colhidas e analisadas com atenção, para que tanto as avaliações quanto as ações sejam precisas e confiáveis. 


Assim como você oferece o melhor atendimento aos seus pacientes, os dados hospitalares também precisam ser tratados com cuidado. 


Portanto, pesquise na hora de escolher um software hospitalar.  

Conheça o  Colmeia - Sistema de Soluções para Gestão Hospitalar. Nosso sistema de solução conta com agilidade e precisão para atender hospitais de alta, média e baixa complexidade. Evolua ao lado de quem entende de saúde e tecnologia!


Fale com nossos consultores

0800 707 5900 (Comercial)
(35) 3729-9929 (Whats/Telefone)

Acompanhe nossas redes
Instagram: @sistemacolmeia
Facebook: @sistemacolmeia
www.sistemacolmeia.com.br


Compartilhe essa postagem

FACEBOOK COMMENTS WILL BE SHOWN ONLY WHEN YOUR SITE IS ONLINE