0800 707 5900 35 9 9802 9995 35 3729 9929 comercial@soitic.com

Por quanto tempo é preciso guardar os exames dos pacientes?

09/11/2020
Por quanto tempo é preciso guardar os exames dos pacientes?

Descubra uma solução prática e efetiva para armazenar os exames hospitalares pelo tempo necessário.


O armazenamento dos exames físicos é uma questão recorrente para gestores hospitalares, pois gera sobrecarga no ambiente hospitalar quando não é bem administrado.

Com a digitalização dos processos e documentações, esse cenário tem-se alterado. As soluções tecnológicas trazem maior agilidade ao ambiente hospitalar, além de reduzir perda, extravio ou dano dos documentos dos pacientes.

Mesmo assim, uma questão condizente ao armazenamento de documentos físicos ou digitais ainda se mantém. Afinal, por quanto tempo é preciso guardar os exames dos pacientes?

O prontuário médico, os exames realizados e os registros manuscritos das condutas terapêuticas devem permanecer por, no mínimo, 20 anos no local onde o paciente foi assistido - é o que preconiza a resolução CFM Nº 1.821/07.

A seguir detalhamos um pouco mais como a digitalização dos documentos promove a otimização do armazenamento dos exames hospitalares. Continue a leitura e descubra. 


Principais estratégias para guardar os exames médicos

As principais estratégias existentes que visam auxiliar e agilizar o cotidiano dos gestores hospitalares, no que condiz ao armazenamento dos documentos, são o armazenamento em empresas terceirizadas e a digitalização dos exames e documentos.


Armazenamento em empresas terceirizadas

Essa opção, em um primeiro momento, ajuda a aliviar o ambiente hospitalar por um curto prazo. Porém, a contratação de serviços terceirizados de armazenamento apresenta custo maior, pois compartilha com a empresa terceirizada a responsabilidade acerca dos dados dos pacientes que constam nos  documentos. 

Além disso, o acesso aos dados por parte do hospital pode ser dificultado ou apresentar lentidão na resposta quando solicitados. 


h3:Digitalização dos exames

Uma alternativa, já conhecida na área da saúde, é a digitalização dos exames ou das informações. 

A digitalização de documentos e exames é regulamentada pelo CFM - Conselho Federal de Medicina - que permite o uso de um Software para o armazenamento. Segundo a regulamentação, o software que será utilizado deve obedecer a pré-requisitos e condições mínimas que assegurem a confidencialidade dos dados e a integridade dos arquivos.

Além disso, um sistema de soluções que armazene os dados hospitalares deve contar com: 


  • Base de dados apropriada para estocar os arquivos digitalizados e produzidos eletronicamente;

  • Métodos que facilitem a pesquisa das informações de forma simples e eficiente.

No momento de definir o melhor software para a gestão do seu hospital, procure por um software especializado e em conformidade com as normas do setor. 

Conheça o  Colmeia - Sistema de Soluções para Gestão Hospitalar. Nosso sistema de solução conta com agilidade e precisão para atender hospitais de alta, média e baixa complexidade. Evolua ao lado de quem entende de saúde e tecnologia!


Fale com nossos consultores

0800 707 5900 (Comercial)
(35) 3729-9929 (Comercial)
(35) 99802-9995 (Whats)

Acompanhe nossas redes
Instagram: @sistemacolmeia
Facebook: @sistemacolmeia
www.sistemacolmeia.com.br


Compartilhe essa postagem

FACEBOOK COMMENTS WILL BE SHOWN ONLY WHEN YOUR SITE IS ONLINE